Seguro para partes comuns do condomínio?

Imagine que existe um sinistro numa parte comum, num condomínio de 15 frações haver um sinistro nas partes comuns, e, em condições normais teríamos a situação a ser regularizada pela seguradora de cada fração e os respetivos peritos, franquias diversas por fração e seguradoras. Seriam necessários, pelo menos, 45 a 90 dias para a resolução do problema.

A contratação de um seguro para as partes comuns nos dias de hoje não é propriamente uma solução fácil, tendo em conta as poucas seguradoras disponíveis para assumir este tipo risco. No entanto, a sua contratação é possível e uma administração de um condomínio que não possa contar com este tipo de seguro vai ter muitas dificuldades em resolver qualquer que seja o sinistro existente nas partes comuns do edifício.